Reforma tributária é tema de encontro do Colégio de Representantes dos Contribuintes Mineiro

 

Reforma tributária é tema de encontro do Colégio de Representantes dos Contribuintes Mineiro 396rdr5fgzcfwxvz8em4u8

O Colégio de Representantes dos Contribuintes Mineiros realizou uma reunião na sede da Fecomércio MG, ontem, 22 de agosto, que contou com a presença do Secretário-Adjunto da Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais (SEF/MG), Luiz Cláudio Gomes. Entre as pautas apresentadas no encontro, a de destaque foi a requerida pela Secretaria sobre a Reforma Tributária.

Gomes falou do posicionamento dos estados em relação as propostas para mudar o sistema tributário do país. A secretaria está realizando, em conjunto com as Secretarias de outros estados, uma proposta única que foi criada com base nas que já foram apresentadas. O documento, que foca nos principais tributos incidentes sobre o consumo, dentre eles o imposto sobre a circulação de mercadorias e serviços de transporte interestadual e intermunicipal e comunicação (ICMS), foi analisado pela parte técnica, e na próxima semana deverá ser debatida com os governadores.

Além desse tema, o Secretário-Adjunto abordou a análise de regimes especiais de tributação pela Secretária, que atualmente conta com mais de 800 pedidos para serem analisados, ressaltando a preocupação em conseguir agilizar o processo. As novas regras para emissão da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e), regulamentada por meio do Decreto 47.562/2018, também entrou na pauta. Na oportunidade, fora elucidado ao Secretário-Adjunto que a Fecomércio MG está realizando uma série de palestras, que abrangem cidades do interior, para esclarecer as mudanças. Nos encontros, a equipe técnica está elaborando uma pesquisa com os contribuintes mineiros, para apurar quais são os problemas enfrentados neste momento de implantação desta nova obrigação acessória. Trabalho que posteriormente será encaminhado a SEFA MG, para buscar as soluções para os respectivos problemas.

Outro tema foi a desburocratização de processos para os contribuintes mineiros, como é o caso da Declaração de Apuração e Informação do ICMS (DAPI). Além disso, o grupo reforçou a necessidade de o governo estadual analisar e buscar as soluções para os problemas que foram apontados no documento que fora elaborado pelo Colégio de Representantes e entregue em julho com análises e solicitações de modificações na legislação tributária mineira.

Sobre o Colégio de Representantes dos Contribuintes

O grupo foi criado para auxiliar os contribuintes diante de dificuldades enfrentadas nas três esferas do poder (municipal, estadual e federal) e da necessidade de se posicionar em favor de medidas que desburocratizem o sistema e melhorem a eficiência tributária. Todos os participantes destacaram que a realização conjunta de ações fortalece o trabalho e contribui para a análise da complexa legislação tributária do Estado e do país.

Os membros componentes do Colégio de Representantes dos Contribuintes Mineiros são os seguintes:

• Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Minas Gerais (Fecomércio MG);
• Associação Brasileira de Direito Tributário (Abradt);
• Associação Comercial e Empresarial de Minas (ACMinas);
• Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH);
• Centro Industrial e Empresarial de Minas Gerais (Ciemg);
• Conselho Regional de Contabilidade de Minas Gerais (CRCMG);
• Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg);
• Federação das Associações Comerciais e Empresariais de Minas Gerais (Federaminas);
Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Minas Gerais (FCDL);
• Federação das Empresas de Transportes de Cargas do Estado de Minas Gerais (Fetcemg);
• Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg);
• Federação dos Contabilistas do Estado de Minas Gerais (Fecon);
• Instituto de Estudos Fiscais (Iefi);
• Instituto Mineiro de Direito Tributário (IMDT);
• Organização das Cooperativas do Estado de Minas Gerais (Ocemg);
• Instituto Mineiro de Estudos Tributários e Previdenciários (IMET Prev).

Fontes: Fecomércio-/MG e FCDL-MG

Governo quer nova Black Friday para o varejo brasileiro

 

índiceCom o objetivo de movimentar a economia e estimular o turismo interno e o varejo, o governo brasileiro está organizando uma campanha para tentar aquecer as vendas do comércio em setembro, um dos meses em que, tradicionalmente, o consumo em vários segmentos tende a ser menor.

Idealizada pelo governo federal, a chamada Semana do Brasil funcionará nos moldes do evento mundialmente conhecido como Black Friday (do inglês Sexta-feira Negra), uma ação promocional criada nos Estados Unidos, onde lojistas de todo o país se unem para, toda última sexta-feira de novembro, ou seja, um dia após o feriado de Ação de Graças, oferecer descontos em produtos, atraindo consumidores.

Segundo o Ministério do Turismo, a proposta do governo é engajar associações comerciais e entidades ligadas ao setor de turismo e serviços para oferecer produtos brasileiros a preços promocionais. A Semana do Brasil deve ocorrer entre os dias 6 e 15 de setembro, coincidindo com as comemorações da Independência do Brasil.

Mais de 100 empresários e representantes do governo federal se reuniram em São Paulo no início de agosto para discutir ações promocionais a serem desenvolvidas durante a Semana do Brasil.

A forma de participação das empresas, entidades e órgãos públicos ainda está sendo definida. Entre as iniciativas discutidas está o lançamento, pelos Correios, de um selo alusivo ao evento, que deverá ser incluído no calendário nacional.

Para estimular o turismo, a proposta prevê que empresas aéreas e o setor hoteleiro ofereçam passagens e hospedagem por preços mais baratos.

Em nota, o secretário nacional de Estruturação do Turismo, Robson Napier, disse que a campanha contribuirá para alavancar o turismo interno com opções atrativas em diversos serviços turísticos como promoções em diárias de hotéis, passagens aéreas, pacotes de viagens, restaurantes, dentre outras ações.

“Estamos muito honrados em participar de uma campanha inédita como essa, incluindo o turismo em um projeto fundamental para fortalecer nossa economia”, destacou Napier.

Também em nota, o secretário de Comunicação da Presidência, Fábio Wanjgarten, destacou que a iniciativa visa a resgatar e fortalecer a autoestima do brasileiro.

“O presidente [Jair] Bolsonaro quer um momento de valorização do Brasil, de resgate do patriotismo do cidadão, com o maior número de entidades participando do movimento. De um lado, o governo federal vai apoiar a realização e a divulgação da Semana do Brasil. Do outro, a iniciativa privada aproveita o momento para estimular o mercado e atrair consumidores durante o período com promoções especiais, descontos exclusivos, produtos e serviços temáticos, ambientação de espaços físicos e virtuais e muito mais.”

Fonte: Agência Brasil

 

MP da Liberdade Econômica é aprovada e vai à sanção de Bolsonaro

 

carteira 1O Senado aprovou, na quarta-feira (21), a medida provisória da liberdade econômica, excluindo a parte que mudava regras de trabalho nos domingos e feriados.

Os senadores fecharam um acordo e, em uma votação simbólica, excluíram do texto o ponto que tratava do trabalho aos domingos e feriados. A maioria dos senadores entendeu que era um jabuti, um ponto estranho, sem relação com a medida provisória da liberdade econômica.

O texto aprovado na Câmara liberava o trabalho aos domingos e feriados a todos os trabalhadores. Mas, como no Senado o trecho ficou de fora, continua valendo o que está em vigor hoje.

Acordos coletivos permitem o trabalho nesses dias a várias categorias, sempre com compensações. Na lei atual, as folgas semanais são preferencialmente aos domingos. E uma jurisprudência trabalhista prevê que, pelo menos uma vez a cada quatro semanas, a folga seja necessariamente no domingo. Quem trabalha num domingo ou feriado recebe o pagamento em dobro ou ganha uma folga durante a semana.

A medida autoriza o funcionamento das agências bancárias aos sábados, preservados os direitos trabalhistas.

A MP também institui a carteira de trabalho digital, gera agilidade na abertura e fechamento de empresas, substitui os sistemas de Escrituração Digital de Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial) e do banco de dados sobre estoques chamado Bloco K.

O texto ainda libera pessoas físicas e empresas para desenvolver negócios considerados de baixo risco, que estarão dispensados de atos como licenças, autorizações, inscrições, registros ou alvarás; estabelece alterações na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT – DL 5452, de 1943).

 

ENTENDA AS PRINCIPAIS MUDANÇAS

Registro de ponto
- Registro dos horários de entrada e saída do trabalho passa a ser obrigatório somente para empresas com mais de 20 funcionários, contra mínimo de 10 empregados atualmente.
- Trabalho fora do estabelecimento deverá ser registrado.
- Permissão de registro de ponto por exceção, por meio do qual o trabalhador anota apenas os horários que não coincidam com os regulares. Prática deverá ser autorizada por meio de acordo individual ou coletivo.

Alvará e licenças
- Atividades de baixo risco, como a maioria dos pequenos comércios, não exigirão mais alvará de funcionamento.
- O Poder Executivo definirá atividades de baixo risco na ausência de regras estaduais, distritais ou municipais.
- Governo federal comprometeu-se a editar decreto para esclarecer que dispensa de licenças para atividades de baixo risco não abrangerá questões ambientais.

Fim do e-Social
- O Sistema de Escrituração Digital de Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (e-Social), que unifica o envio de dados de trabalhadores e de empregadores, será substituído por um sistema mais simples, de informações digitais de obrigações previdenciárias e trabalhistas.

Carteira de trabalho eletrônica
- Emissão de novas carteiras de Trabalho pela Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia ocorrerá “preferencialmente” em meio eletrônico, com o número do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) como identificação única do empregado. As carteiras continuarão a ser impressas em papel, apenas em caráter excepcional.
- A partir da admissão do trabalhador, os empregadores terão cinco dias úteis para fazer as anotações na Carteira de Trabalho. Após o registro dos dados, o trabalhador tem até 48 horas para ter acesso às informações inseridas.

Documentos públicos digitais
- Documentos públicos digitalizados terão o mesmo valor jurídico e probatório do documento original.

Abuso regulatório
A MP cria a figura do abuso regulatório, para impedir que o Poder Público edite regras que afetem a “exploração da atividade econômica” ou prejudiquem a concorrência. Entre as situações que configurem a prática estão:

- Criação de reservas de mercado para favorecer um grupo econômico.
- Criação de barreiras à entrada de competidores nacionais ou estrangeiros em um mercado.
- Exigência de especificações técnicas desnecessárias para determinada atividade.
- Criação de demanda artificial ou forçada de produtos e serviços, inclusive “cartórios, registros ou cadastros”.
- Barreiras à livre formação de sociedades empresariais ou de atividades não proibidas por lei federal.

Desconsideração da personalidade jurídica
- Proibição de cobrança de bens de outra empresa do mesmo grupo econômico para saldar dívidas de uma empresa.
- Patrimônio de sócios, associados, instituidores ou administradores de uma empresa será separado do patrimônio da empresa em caso de falência ou execução de dívidas.
- Somente em casos de intenção clara de fraude, sócios poderão ter patrimônio pessoal usado para indenizações.

Negócios jurídicos
- Partes de um negócio poderão definir livremente a interpretação de acordo entre eles, mesmo que diferentes das regras previstas em lei.

Súmulas tributárias
- Comitê do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais da Receita Federal (Carf) e da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) terá poder para editar súmulas para vincular os atos normativos dos dois órgãos.

Fundos de investimento
- MP define regras para o registro, a elaboração de regulamentos e os pedidos de insolvência de fundos de investimentos.

Extinção do Fundo Soberano
- Fim do Fundo Soberano, antiga poupança formada com parte do superávit primário de 2008, que está zerado desde maio de 2018.

 

PONTOS RETIRADOS DA MP NO SENADO

Trabalho aos domingos
- A MP abria espaço para que a folga semanal de 24 horas do trabalhador fosse em outros dias da semana, desde que o empregado folgasse um em cada quatro domingos.
- Pagamento em dobro (adicional de 100%) do tempo trabalhado no domingo ou no feriado poderia ser dispensado caso a folga seja determinada para outro dia da semana.
- Se folga não ocorresse, empregado continuaria a ter direito ao adicional de 100% pelo domingo ou feriado trabalhado.

 

PONTOS RETIRADOS DA MP NA CÂMARA 

Trabalho aos domingos
- Texto aprovado na comissão especial da Câmara garantia folga obrigatória em apenas um domingo a cada sete semanas.

Fins de semana e feriados
- Autorização para trabalho aos sábados, domingos e feriados em caso de necessidade do agronegócio

Direito Civil.
- MP permitiria que contratos de trabalho acima de 30 salários mínimos fossem regidos pelo Direito Civil em vez da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Apenas direitos trabalhistas assegurados pela Constituição seriam mantidos.

Caminhoneiros
- MP criaria o Documento Eletrônico de Transporte, que funcionaria como contrato único para cada transporte de bens no território nacional.
- Anistia a multas por descumprimento da tabela do frete.

Motoboys
- MP acabaria com adicional de periculosidade de 30% para motoboys, mototaxistas e demais trabalhadores sobre duas rodas.

Fiscalização e multas
- Fiscais do trabalho aplicariam multas apenas após a segunda autuação. A primeira visita seria educativa.
- Decisões trabalhistas seriam definitivas em primeira instância, se prazos de recursos fossem esgotados.
- Termo de compromisso lavrado por autoridade trabalhista teria precedência sobre termo ajuste de conduta firmado com o Ministério Público.

Fonte: G1e DC

Entenda as principais mudanças da MP da Liberdade Econômica

 

senado agbrasil fabiopozzebomCom a votação concluída na quarta-feira (14/08) à noite pela Câmara dos Deputados, a Medida Provisória (MP) da Liberdade Econômica pretende, segundo o governo, diminuir a burocracia e facilitar a abertura de empresas, principalmente de micro e pequeno porte.

Entre as principais mudanças, a proposta flexibiliza regras trabalhistas e elimina alvarás para atividades de baixo risco. O texto também separa o patrimônio dos sócios de empresas das dívidas de uma pessoa jurídica e proíbe que bens de empresas de um mesmo grupo sejam usados para quitar débitos de uma empresa.

A Câmara derrubou os 12 destaques que poderiam mudar a MP. Outros pontos tinham sido retirados pelo relator, deputado Jerônimo Goergen (PP-RS), para facilitar a aprovação do texto-base. A proposta precisa ser aprovada pelo Senado até o dia 27 para não perder a validade.

Entenda as principais mudanças na MP

Trabalho aos domingos

  • A MP abre espaço para que a folga semanal de 24 horas do trabalhador seja em outros dias da semana, desde que o empregado folgue um em cada quatro domingos;
  • Pagamento em dobro (adicional de 100%) do tempo trabalhado no domingo ou no feriado pode ser dispensado caso a folga seja determinada para outro dia da semana;
  • Se folga não ocorrer, empregado continuará a ter direito ao adicional de 100% pelo domingo ou feriado trabalhado.

​Carteira de trabalho eletrônica

  • Emissão de novas carteiras de Trabalho pela Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia ocorrerá “preferencialmente” em meio eletrônico, com o número do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) como identificação única do empregado. As carteiras continuarão a ser impressas em papel, apenas em caráter excepcional;
  • A partir da admissão do trabalhador, os empregadores terão cinco dias úteis para fazer as anotações na Carteira de Trabalho. Após o registro dos dados, o trabalhador tem até 48 horas para ter acesso às informações inseridas.

Documentos públicos digitais

  • Documentos públicos digitalizados terão o mesmo valor jurídico e probatório do documento original.

Registros públicos em meio eletrônico

  • Registros públicos em cartório, como registro civil de pessoas naturais, registro de imóveis e constituição de empresas, podem ser publicados e conservados em meio eletrônico.

Registro de ponto

  • Registro dos horários de entrada e saída do trabalho passa a ser obrigatório somente para empresas com mais de 20 funcionários, contra mínimo de 10 empregados atualmente;
  • Trabalho fora do estabelecimento deverá ser registrado;
  • Permissão de registro de ponto por exceção, por meio do qual o trabalhador anota apenas os horários que não coincidam com os regulares. Prática deverá ser autorizada por meio de acordo individual ou coletivo.

Alvará

  • Atividades de baixo risco, como a maioria dos pequenos comércios, não exigirão mais alvará de funcionamento;
  • Poder Executivo definirá atividades de baixo risco na ausência de regras estaduais, distritais ou municipais.

Fim do e-Social

  • O Sistema de Escrituração Digital de Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (e-Social), que unifica o envio de dados de trabalhadores e de empregadores, será substituído por um sistema mais simples, de informações digitais de obrigações previdenciárias e trabalhistas;

Abuso regulatório

A MP cria a figura do abuso regulatório, para impedir que o Poder Público edite regras que afetem a “exploração da atividade econômica” ou prejudiquem a concorrência. Entre as situações que configurem a prática estão:

  • criação de reservas de mercado para favorecer um grupo econômico;
  • criação de barreiras à entrada de competidores nacionais ou estrangeiros em um mercado;
  • exigência de especificações técnicas desnecessárias para determinada atividade;
  • criação de demanda artificial ou forçada de produtos e serviços, inclusive “cartórios, registros ou cadastros”;
  • barreiras à livre formação de sociedades empresariais ou de atividades não proibidas por lei federal.

Desconsideração da personalidade jurídica

  • Proibição de cobrança de bens de outra empresa do mesmo grupo econômico para saldar dívidas de uma empresa;
  • Patrimônio de sócios, associados, instituidores ou administradores de uma empresa será separado do patrimônio da empresa em caso de falência ou execução de dívidas;
  • Somente em casos de intenção clara de fraude, sócios poderão ter patrimônio pessoal usado para indenizações.

Negócios jurídicos

  • Partes de um negócio poderão definir livremente a interpretação de acordo entre eles, mesmo que diferentes das regras previstas em lei.

Súmulas tributárias

  • Comitê do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais da Receita Federal (Carf) e da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) terá poder para editar súmulas para vincular os atos normativos dos dois órgãos.

Fundos de investimento

  • MP define regras para o registro, a elaboração de regulamentos e os pedidos de insolvência de fundos de investimentos.

Extinção do Fundo Soberano

  • Fim do Fundo Soberano, antiga poupança formada com parte do superávit primário de 2008, que está zerado desde maio de 2018.

 

Pontos retirados da MP

Domingos

  • Descanso obrigatório aos domingos apenas a cada sete semanas.

Fins de semana e feriados

  • Autorização para trabalho aos sábados, domingos e feriados em caso de necessidade do agronegócio.

Direito Civil

  • MP permitiria que contratos de trabalho acima de 30 salários mínimos fossem regidos pelo Direito Civil em vez da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Apenas direitos trabalhistas assegurados pela Constituição seriam mantidos.

Caminhoneiros

  • MP criaria o Documento Eletrônico de Transporte, que funcionaria como contrato único para cada transporte de bens no território nacional;
  • Anistia a multas por descumprimento da tabela do frete.

Motoboys

  • MP acabaria com adicional de periculosidade de 30% para motoboys, mototaxistas e demais trabalhadores sobre duas rodas.

Fiscalização e multas

  • Fiscais do trabalho aplicariam multas apenas após a segunda autuação. A primeira visita seria educativa;
  • Decisões trabalhistas seriam definitivas em primeira instância, se prazos de recursos fossem esgotados;
  • Termo de compromisso lavrado por autoridade trabalhista teria precedência sobre termo ajuste de conduta firmado com o Ministério Público.

Corridas de cavalos

  • Entidades promotoras de corridas seriam autorizadas pelo Ministério da Economia a promover loterias vinculadas ou não ao resultado do páreo.

Fonte: Agência Brasil

Últimas Notícias

Reforma tributária é tema de encontro do Colégio de Representantes dos Contribuintes Mineiro

23 Agosto 2019

O Colégio de Representantes dos Contribuintes Mineiros realizou uma reunião na sede da Fecomércio MG, ontem, 22 de agosto, que contou com a presença do Secretário-Adjunto da Secretaria de...

MP da Liberdade Econômica é aprovada e vai à sanção de Bolsonaro

23 Agosto 2019

O Senado aprovou, na quarta-feira (21), a medida provisória da liberdade econômica, excluindo a parte que mudava regras de trabalho nos domingos e feriados. Os senadores fecharam um acordo e,...

Servidores discutem medidas que garantam ao empreendedor um ambiente de negócios mais simplificado e dinâmico

22 Agosto 2019

Em busca de ações que simplifiquem, desburocratizem e agilizem o registro e a formalização de empresas no município de Contagem, foi realizado recentemente um encontro com os responsáveis dos órgãos...

Aniversário de Contagem terá edição especial do ‘Minas ao Luar’

20 Agosto 2019

Contagenses e visitantes terão uma atração especial dentro das comemorações dos 108 anos da cidade. É o Minas ao Luar, realizado pelo Sesc, integrado ao Sistema Fecomércio MG, Sesc/Senac. A...

Governo quer nova Black Friday para o varejo brasileiro

19 Agosto 2019

Com o objetivo de movimentar a economia e estimular o turismo interno e o varejo, o governo brasileiro está organizando uma campanha para tentar aquecer as vendas do comércio...

Entenda as principais mudanças da MP da Liberdade Econômica

16 Agosto 2019

Com a votação concluída na quarta-feira (14/08) à noite pela Câmara dos Deputados, a Medida Provisória (MP) da Liberdade Econômica pretende, segundo o governo, diminuir a burocracia e facilitar...

Contagem é a próxima parada do Circuito Sesc de Corridas

15 Agosto 2019

Contagem recebe a quarta etapa do Circuito Sesc de Corridas, no dia 15 de setembro. O evento, que já é tradição no calendário esportivo do Estado, conta com o...

MP da Liberdade Econômica: aprovação muda regras

14 Agosto 2019

O Plenário da Câmara aprovou, na noite de ontem (13/8), o texto-base à Medida Provisória (MP) da Liberdade Econômica, uma emenda aglutinativa apresentada pelo relator da matéria, deputado Jerônimo...

Reforma Tributária irá propor redução no IR de empresas

13 Agosto 2019

Nas próximas semanas, as principais propostas da reforma tributária devem ser apresentadas pelo ministro da economia, Paulo Guedes, para que em seguida, as mudanças possam ser discutidas detalhadamente. Quem garante...

Empresas precisam se adaptar à Lei Geral de Proteção de Dados

13 Agosto 2019

Seguindo uma tendência mundial de resguardar melhor os dados de pessoas físicas, a Lei nº 13.709/18, conhecida como Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), entrará em vigor no...

TST valida trabalho intermitente no varejo

11 Agosto 2019

Instituído pela Reforma Trabalhista, no fim de 2017, o trabalho intermitente foi considerado válido, no comércio varejista, pelos ministros da Quarta Turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST). A...

Começa a primeira fase de modernização do eSocial

07 Agosto 2019

O governo federal iniciou, em agosto, uma série de mudanças com a proposta de simplificar o Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial). A Nota...

Dia dos Pais deve movimentar R$ 5,6 bi

07 Agosto 2019

As vendas do comércio no Dia dos Pais devem crescer 2,1% este ano, de acordo com a estimativa divulgada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo...

Estudo mostra que arrecadação atingiu 35% do PIB em 2018

07 Agosto 2019

Mesmo diante de um período de economia fragilizada, a arrecadação de impostos no Brasil atingiu um percentual recorde. Em 2018, foram recolhidos R$ 2,39 trilhões, o que equivale a...

Dia dos Pais será de confiança e compras à vista

06 Agosto 2019

O Dia dos Pais, que será este ano celebrado em 11 de agosto, abre o calendário comemorativo do segundo semestre de 2019. A data impacta positivamente 61,9% do comércio...

Mesmo com autorregulação, uso do cheque especial continua alto

06 Agosto 2019

O uso do cheque especial, modalidade de crédito mais cara para as famílias, continua alto – mesmo após o anúncio da autorregulação, estratégia adotada por bancos há pouco mais...

Dirigentes do Sistema CNDL e ministro Sérgio Moro se reúnem para discutir sobre comércio ilegal e combate ao contrabando

05 Agosto 2019

O presidente da CDL-Contagem e da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de Minas Gerais (FCDL-MG), Frank Sinatra Santos Chaves - juntamente com outros...

Governo flexibiliza regras de saúde e segurança do trabalho

05 Agosto 2019

As novas normas de segurança e saúde do trabalho, sancionadas pelo presidente Jair Bolsonaro, gerarão economia de pelo menos R$ 68 bilhões nos próximos dez anos. A estimativa foi divulgada pela...

Sebrae reúne cinco dicas para controle de estoque

04 Agosto 2019

A gestão do estoque possui impacto direto na saúde financeira da empresa. Muitas vezes pode parecer – erroneamente – menos importante, mas o estoque pode ser a origem de...

CESPC realiza 3ª reunião ordinária de 2019

02 Agosto 2019

O Conselho Estadual de SPC de Minas Gerais (CESPC), liderado pelo presidente Bruno Falci, realizou hoje (02/08), a 3ª reunião ordinário de 2019. A mesa principal foi composta pelo presidente...

OAB-MG oferece palestra gratuita sobre pró-labore

26 Julho 2019

Quem é sócio-administrador de um negócio provavelmente já ouviu a expressão latina pró-labore. O termo, previsto na Lei nº 8.212 , representa a contrapartida paga obrigatoriamente a esse profissional por...

Comércio mineiro está confiante em melhora das vendas no 2º semestre

26 Julho 2019

Dia dos Pais, Dia da Crianças, Black Friday e Natal. São muitas as datas comemorativas do segundo semestre, um período primordial para o comércio varejista brasileiro, que tende a...

Governo publica decreto que regulamenta lei do Cadastro Positivo

25 Julho 2019

O governo editou nesta quinta-feira (25/07), o Decreto 9.936, que disciplina a formação e a consulta a bancos de dados com informações de adimplemento, de pessoas físicas ou jurídicas, para...

Prefeitura atende pedido da CDL-Contagem e cassa funcionamento da Fenacouro

19 Julho 2019

Atendendo solicitação da CDL-Contagem, a Prefeitura Municipal cassou o alvará de funcionamento da Fenacouro, feira itinerante que pratica concorrência desleal com o comércio formal estabelecido na cidade, gerando prejuízos...

Sebrae mapeia cinco dicas para controlar o capital de giro

19 Julho 2019

O capital de giro é um dos fatores que mais afetam o dia a dia dos pequenos negócios, já que ele ajuda a manter a saúde financeira da empresa....

Empresas excluídas do Simples poderão regressar ao regime

08 Julho 2019

Foi publicada, em 3 de julho de 2019, a Resolução do Comitê Gestor do Simples Nacional (CGSN) nº 146, de 26 de junho de 2019, que regulamentou a possibilidade...

Cadastro positivo compulsório entra em vigor nesta terça-feira

08 Julho 2019

Entra em vigor amanhã (9/07) o cadastro positivo compulsório. O sistema, instituído na Lei Complementar 166, de abril deste ano, prevê a adesão automática no repasse, sem consentimento, de...

Cadastro Positivo poderá injetar R$ 102 bi em Minas

04 Julho 2019

A economia mineira pode ter o incremento de 2 milhões de consumidores, no médio e longo prazos, com o Cadastro Positivo (CP), que foi aprovado em abril e passa...

Vem aí o novo eSocial

03 Julho 2019

A promessa foi feita depois de o relator da medida provisória da liberdade econômica, deputado Jerônimo Georgen (PP-RS) cogitar incluir em seu relatório a extinção do programa.O eSocial é...

Cadastro positivo deve reduzir spread bancário

03 Julho 2019

O cadastro positivo, que entra em vigor no dia 9 de julho, tem aspecto concorrencial pouco abordado neste momento, mas que, ao lado da potencial redução da inadimplência, ajudará...

Pequenas empresas garantem saldo positivo de empregos, mostra Sebrae

01 Julho 2019

O saldo positivo na geração de empregos em maio só foi possível por causa do desempenho das micro e pequenas empresas. O setor foi responsável, no mês passado, pela...

Nova etapa de implantação da NFC-e começa em julho

28 Junho 2019

Regulamentada pela Resolução 5.234, de 6 de fevereiro de 2019, a emissão obrigatória da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e) inicia sua terceira etapa de implantação na próxima segunda-feira,...

Pagamentos com cartão crescem 17% no primeiro trimestre

27 Junho 2019

As compras feitas com cartões de crédito, de débito e pré-pagos cresceram 17% no primeiro trimestre deste ano. Segundo a Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e...

Posto móvel para vacinação da Tríplice Viral montado hoje no Procon Contagem

27 Junho 2019

Nesta quinta-feira (27), a Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Saúde/Distrito Eldorado, vai oferecer a vacina Tríplice Viral (contra sarampo, caxumba e rubéola) na Secretaria Municipal...

Governo autoriza funcionamento do comércio aos domingos e feriados

26 Junho 2019

Publicada no Diário Oficial da União (edição do dia 19/06) a portaria que amplia o número de categorias autorizadas a funcionar aos domingos e feriados. Com isso, 78 atividades...

Qual o modelo de tributação ideal para o século 21?

26 Junho 2019

Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, já sinalizou que assim que a reforma da Previdência sair da fase de comissão, sua prioridade será o texto que muda o...

Fecomércio MG recomenda cautela sobre trabalho nos feriados

24 Junho 2019

O secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, assinou no dia 18 de junho (terça-feira) a Portaria nº 604, que, teoricamente, sob a chancela do artigo 68, parágrafo...

OIT firma nova convenção contra violência e assédio no trabalho

24 Junho 2019

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) aprovou uma nova convenção e um texto de combate à violência e ao assédio no ambiente de trabalho. O documento, acompanhado por uma recomendação,...

Lojas de Contagem e Ibirité podem abrir no feriado de Corpus Christi

16 Junho 2019

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Contagem informa que, conforme Convenção Coletiva de Trabalho 2018/2019 do Sindicato dos Trabalhadores do Comércio Varejista e Atacadista de Contagem (Sintracc)...

TJMG suspende liminares e taxa de incêndio pode novamente ser cobrada em Minas

14 Junho 2019

O presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) derrubou as liminares que impediam a cobrança da taxa de incêndio no Estado. A decisão foi tomada com base...

Governo divulga lista de negócios que podem ser abertos sem alvará

14 Junho 2019

Publicada no Diário Oficial da União lista com 287 atividade econômicas que não precisarão de autorizações prévias para funcionar, como alvarás e licenças de funcionamento. A resolução com a...

Iniciada a divulgação oficial do Cadastro Positivo, que passa a valer em 9 de julho

11 Junho 2019

A corrida para a implantação definitiva do Cadastro Positivo deu mais um salto dia 10. A partir de ontem, emissoras de rádio e TV de todo o país começam...

Vendas para o Dia dos Namorados têm expectativa de alta de 1,9%

07 Junho 2019

A expectativa do comércio para as vendas relacionadas ao Dia dos Namorados, comemorado no Brasil no dia 12 de junho, é de alta de 1,9%, na comparação com o...

Consulta ao primeiro lote de restituição do IR abre na segunda

06 Junho 2019

Cerca de 2,55 milhões de contribuintes que declararam Imposto de Renda neste ano vão receber dinheiro do Fisco. A Receita Federal abre na próxima segunda-feira (10/06) a consulta ao...

Novo seguro-desemprego fica para 2020

04 Junho 2019

O início do pagamento do seguro-desemprego exclusivamente por meio de depósito em conta foi adiado para 1º de janeiro de 2020. A decisão de depositar o benefício diretamente na conta...

Palestra em BH esclarece regras para uso da NFC-e

02 Junho 2019

A implantação de novas regras para a emissão da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e) em território mineiro, obrigatória para determinados contribuintes a partir de 1º de março de...

Saiba quais são as marcas mais valiosas do Brasil

02 Junho 2019

O ranking das marcas mais valiosas do Brasil, divulgado pela Kantar traz as empresas que mais geraram lucro, investimento e fidelidade do cliente no país em 2019. Neste ano, os bancos...

Minas registra segundo maior potencial de consumo do Brasil

31 Maio 2019

A expectativMinas registra segundo maior potencial de consumo do Brasil a pela aprovação de reformas e melhora do emprego no Brasil têm se refletido em alguns indicadores. O Índice...

Microempreendedor tem até hoje para entregar declaração do Simples

31 Maio 2019

Os microempreendedores individuais (MEI), profissionais autônomos com até um empregado contratado formalmente, têm até hoje (31/05) para entregar a Declaração Anual do Simples Nacional relativa ao exercício do ano...

Em quatro meses, pequenos negócios criaram quase 300 mil novos empregos

29 Maio 2019

Os pequenos negócios voltaram a responder pela geração de novos empregos. Segundo levantamento feito pelo Sebrae, baseado nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério...

Suspensa a cobrança da taxa de incêndio

29 Maio 2019

A Fecomércio MG conseguiu liminar, emitida pelo Judiciário, que determinou a suspensão da exigibilidade do crédito tributário da Taxa de Segurança Pública relativa à utilização do serviço de extinção...

Prefeitura lança Selo de Integridade 2019 e inscrições para as empresas estão abertas

29 Maio 2019

O objetivo da iniciativa é fomentar uma cultura de integridade, prevenir a corrupção e promover a ética nas relações com as empresas privadas. O Selo de Integridade de Contagem...

Cinco dicas para aumentar suas vendas no Dia dos Namorados

28 Maio 2019

Uma das principais datas comemorativas para o comércio, o Dia dos Namorados (12 de junho) tem, tradicionalmente, a capacidade de aquecer as vendas durante o mês de junho. Segundo...

Empresários acreditam vender mais no Dia dos Namorados

27 Maio 2019

Dia dos Namorados destaca-se no calendário de negócios do comércio varejista pelo apelo emocional e comercial, afetando positivamente 51,3% das empresas de Minas Gerais. Para os empresários que atuam...

Terceirizados e PJs: entenda a diferença

25 Maio 2019

Desde que o Supremo Tribunal Federal aprovou a terceirização de todas as atividades de uma empresa, em 30 de agosto de 2018, uma onda de dúvidas ainda persiste entre...

Mostra de Empreendedores terá assessoria gratuita em comércio exterior

25 Maio 2019

Nos dias 29 e 30, o Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal da Receita Federal (NAF) Aduaneiro UniBH estará em Contagem na IIª Mostra do Empreendedorismo, Negócio e Inovação, promovida...

Reforma tributária que cria o IBS avança na Câmara

23 Maio 2019

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara aprovou ontem, 22/05, a admissibilidade da reforma tributária de autoria do líder do MDB, Baleia Rossi (SP). A proposta de emenda...

Vem aí a IIª Mostra de Empreendedorismo, Negócio e Inovação de Contagem

20 Maio 2019

Durante quatro dias, empresários, trabalhadores, empreendedores informais, estudantes e demais interessados em empreendedorismo terão a oportunidade de passar por diversas capacitações: indicadores financeiros, elaboração de fluxo de caixa, técnicas...

Reforma tributária que tramita na Câmara agrada empresários

18 Maio 2019

O secretário especial da Receita Federal, Marcos Cintra, agradou aos empresários presentes ontem, 17/05, no Fórum Nacional da Indústria, na sede da Confederação Nacional da Indústria (CNI), em São...

Devo não nego! Pagarei o que for justo

17 Maio 2019

E é essa convicção que todos os que possuem uma dívida devem ter. Se não já bastasse pagar juros e multa, muitas vezes pela falta de planejamento, ainda há...

«
||
»

Seja um Associado

Departamento Comercial:
Gerente: Vanda Lima - (31)3359-6417  
 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Ou clique aqui para enviar uma mensagem

Sobre a CDL

A CDL Contagem tem a missão de representar, integrar e apoiar o lojista por meio de soluções inovadoras e de qualidade, fortalecendo o comércio varejista de Contagem, contribuindo para o desenvolvimento social e econômico da comunidade.

Siga-nos também em:

   

Contato

Para conhecer mais sobre a CDL Contagem, entre em contato conosco:
  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(31)3359-6400 
  Rua Manoel Teixeira Camargos, 475 - Eldorado - Contagem/MG