Artigo - Contagem 108 anos de emancipação

 

Alberto MandarineRelembrando antiga batalha política que se redundou na reconquista de sua independência, é oportuno e interessante discorrer sobre sua verdadeira história: conta-se que em 1938, o então Governador, rebaixou o município à condição de Vila Distrital de Betim, sob a alegação de que CONTAGEM não possuía recursos suficientes para manter-se na condição de município. Mas, diziam as más línguas que a iniciativa do Governador foi tomada por ressentimento.Ele estava de viagem marcada para Esmeraldas, e antes mandou aviso ao prefeito de CONTAGEM dizendo que permaneceria na Estação Bernardo Monteiro por uma hora, mais ou menos, e que o prefeito deveria estar lá com o povo para recebê-lo. Não se sabe por que o prefeito faltou e,o Governador que esperava ser recepcionado com a “furiosa” banda de música e tudo mais, se viu obrigado a permanecer na companhia do chefe da estação por mais de uma hora a espera da Comitiva Municipal ea população que lá não se compareceram. Indignado, seguiu viagem para Esmeraldas, antes bufando e demonstrando sua decepção e humilhação. Ao retornar à capital, um dos primeiros atos foi rebaixar CONTAGEM a condição de Vila Distrital de Betim.

Essa situação durou até 1949 quando um grupo de notáveis se encarregou de revertê-la. Ocasião em que foi feito um pacto entre os dois maiores partidos da época: União Democrática Nacional – UDN, e Partido Social Democrático – PSD, que apesar de adversários “ferrenhos” tiveram que se unir para conseguirem desmembrar a Vila Distrital de Betim à anterior condição de município, que agora, no dia 30 de agosto do ano em curso, completa 108 anos de emancipação.

CONTAGEM já foi o maior município interiorano do estado de Minas Gerais em população, produtividade industrial e arrecadação tributária. Continua sendo um dos grandes municípios brasileiros comprometido com a ecologia e outras vertentes na busca do bem social coletivo que, evidentemente, depende do crescente desenvolvimento sustentável.

E quando se trata da preservação da memória de um povo, é fundamental para que as pessoas busquem sua origem não ignorando a história de sua família e de seu município. Espaços como a igreja de São Gonçalo e seu entorno cultural; a estação ferroviária Bernardo Monteiro, a Casa de Cacos, os Parques Ecológicos, a valiosa comunidade dos Arturos e outros exemplos de patrimôniosque devem ser valorizados e preservados como referências para nossa laboriosa população.

A história de CONTAGEM precisa ser divulgada e conhecida pela juventude estudantil, para que o contagense, desde criança, comece a sentir orgulho do seu município. Dessa forma as escolas da rede municipal, estadual e privada estarãoprestando mais uma grande contribuição, fortalecendo a identidade da cidade e de seu povo.

Óbvioe Indubitável:quem desconhece e menospreza suas origens deixa de ser de algum lugar para ser de lugar nenhum...

Alberto de Andrade Silva - Diretor do Conselho Fiscal da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Contagem, Comendador Grãcruz da Ordem do Mérito Educação e Integração, Cidadão Honorário de Contagem e membro de várias instituições de cunho social.

 

What do you think?

Send us feedback!

Seja um Associado

Departamento Comercial:
Gerente: Vanda Lima - (31)3359-6417  
 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Ou clique aqui para enviar uma mensagem

Sobre a CDL

A CDL Contagem tem a missão de representar, integrar e apoiar o lojista por meio de soluções inovadoras e de qualidade, fortalecendo o comércio varejista de Contagem, contribuindo para o desenvolvimento social e econômico da comunidade.

Siga-nos também em:

   

Contato

Para conhecer mais sobre a CDL Contagem, entre em contato conosco:
  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(31)3359-6400 
  Rua Manoel Teixeira Camargos, 475 - Eldorado - Contagem/MG